Estamos vivendo um momento de grande apreensão pela saúde dos nossos queridinhos. Por isso, quero nesse artigo passar algumas informações e dicas para ajudar a toda família a melhorar sua imunidade. Acredito que essa seja a melhor forma de nos prevenirmos contra as infecções e doenças que nos acometem. 

Fala-se muito das medidas em impedir o contato com vírus o que é de suma importância, mas vamos abordar como a nutrição pode nos ajudar nesse momento.

Mais do que nunca papais, mamães, cuidadores de crianças devem ter a consciência da alimentação saudável, pois é ela quem nos garante o aporte necessário de nutrientes, fitoquímicos defensores da nossa imunidade.

Alimentos queridinhos das crianças e com calorias vazias como doces,  trash food,  Fast food, alimentos ultraprocessados e processados são depressores da imunidade e não trazem nenhuma nutrição e defesa. Vou citar aqui alguns exemplos: salgadinhos de pacote, biscoitos industrializados em geral (não é só os  recheados, a bolachinha maisena e até aquela que se diz “integral”), petit suisse (“Danoninho” e semelhantes), iogurtes de mercado (com exceção do natural), produtos de padaria e assim vai a lista. Esses devem ser evitados ao máximo, principalmente nesses dias de crise em pandemia.

A consciência é a melhor forma de  evitarmos a covid-19. Por isso, vamos reforçar nosso sistema imunológico e superar esse inverno desafiador.

Veja algumas dicas que listei abaixo, elas foram adaptadas para  o público infantil, pode ser utilizada pelos adultos (porém, atenção às dosagens e às quantidades que, para os adultos são maiores).

  • Frutas, legumes e verdura devem ser aumentados ao máximo em sua alimentação diária, são fontes de vitaminas C, Coenzima Q10, e muitos outros fitos ativos que nos protegem contra infecções, bactérias e vírus.
  • O ideal é que se coma em torno de 300g de vegetais crus /dia. Exemplo: 1 laranja média pesa aproximadamente 290g, 1 maçã média 130g, 1 banana grande 55g, kiwi médio 76g, tomate médio 100g, couve 1 folha 20g, beterraba 0,5 xícara 19g. 4-5 frutas no dia + 1 prato de sobremesa de salada de folhas e legumes crus no almoço e jantar, será garantido 500g de crus em seu dia.
  • Muita água!!! Muita mesmo!!!!  A água ela dá suporte à todas as funções do organismo, incluindo o imunológico. Chás de ervas como gengibre com limão também são bem recomendados diariamente.

Calcula-se 30ml por kg de peso, mas na crise quanto mais melhor. Uma criança de 30kg deveria tomar 900ml de água/dia.

  • Menos ou nada de alimentos ultraprocessados, com altas quantidades de carboidratos e açúcares processados e gorduras refinadas que certamente interferem na função imunológica adequada.
  • Evite ao máximo açúcares simples (doces, sobremesas, farinhas brancas, grãos refinados), eles podem suprimir a imunidade por horas, ao contrário das frutas que te protegem por horas.
  • Proteínas animais e vegetais (carnes de diferentes animais, grãos, nozes, sementes), são importantes para estarem presentes em cada refeição e lanche. PS. Salsichas, nuggets, linguiças e semelhante não são recomendáveis.
  • Sono! É muito importante uma noite bem dormida para fortalecer o sistema imunológico! Observe e busque a melhor qualidade possível. Sem um sono adequado, a função imunológica é quase impossível. “Se um indivíduo, independentemente da idade, tiver melatonina adequada, a infecciosidade do COVID-19 será muito reduzida” (2). Proporcione momentos de sono adequado e com qualidade para sua família.
  • Vitamina D3, há estudos que apontam que pessoas com a deficiência tem 11x mais probabilidade de desenvolver gripe. Se você recebeu a suplementação, use-a corretamente. Converse com o pediatra ou nutricionista de seu filho para uma possível suplementação. Exponha-o ao sol de forma saudável por pelo menos 10 min ao dia, (sem protetor solar).
  • Vitamina C, ofereça diariamente suco de limão com laranja (não adicione açúcar). Distribua em 3x/ao dia (a cada 8h). O limão não tem calorias significantes, a laranja já tem para crianças acima do peso prefira em maior proporção o limão. Acerola, goiaba, açaí (fruta, não massa com xarope), kiwi, frutas silvestres também são riquíssimas em vit. C.
  • Própolis aquoso 10 gotas /dia. Pode ser usado com 1 colher de chá de mel e água com limão. Divida essa medida em duas tomadas, pela manhã e final do dia.
  • Uso de alimentos fermentados como kefir, são excelentes para melhorar a flora intestinal o que melhorará a absorção dos nutrientes.
  • Reduza o nível de estresse, preocupe-se mais em fazer o que pode do que entrar em pânico. O estresse é o maior depressor da imunidade. Para ajuda-lo use a meditação guiada.
  • Selênio: Castanha do pará nesse período de crise 2/dia.
  • Cogumelos, fontes incríveis de fitoativos para imunidade.
  • Zinco, importantíssimo para a imunidade e momentos de estresse, algumas das melhores fontes: agrião, farelo de aveia, thaine (pasta de gergelim) broto de alfafa, escarola, gema de ovo, salsinha, semente de abóbora.

Receita de chá de gengibre, alho e limão

Ingredientes:

1 pedaço de gengibre fatiado

2 dentes de alho

1 limão suco

1 colher de mel escuro.

Preparo:

Coloque o gengibre e o alho na água e deixe ferver em fogo baixo por 20 min. Desligue o fogo e coloque ½ limão em rodelas e abafe por 5 minutos. Em uma caneca esprema o suco da outra metade do limão e adicione o mel escuro.

Lembre-se de ainda evitar o contato com o vírus:

  • Lave as mãos por pelo menos 20 segundos, frequentemente ao longo do dia;
  • Não toque na boca, olhos ou nariz;
  • Evite os abraços, apertos de mãos e beijos, seja educado com um sorriso e bom dia, boa tarde;
  • Use álcool, ou água e sabão nas superfícies de trabalho onde outras pessoas tiveram contato;
  • Lave suas narinas várias e várias vezes ao dia;
  • Fique em casa ao máximo;
  • Para locais onde não conseguir lavar as mãos, use o álcool em gel.

Com consciência e envolvimento de todos vamos mudar a história do nosso Brasil na busca em não proliferação do Covid19.

Fontes:

Examine

Evolutamente

Dr. Hyman

Escrever um comentário