O uso da chupeta ainda faz parte da cultura brasileira. É um assunto bem polêmico pois ao mesmo tempo que alguns pais a consideram peça importante já na compra do enxoval, outros sabem dos malefícios e acabam resistindo em oferecer para a criança.

Os bebês já nascem com o hábito da sucção. Na verdade, esse movimento, a sucção, faz parte do desenvolvimento humano. Podemos observar, por exemplo, que os bebês sugam o dedo quando estão com fome. Isso acontece lá pelo terceiro mês, quando descobrem as mãozinhas. E nos 6 primeiros meses, eles sugam qualquer coisa que passe próximo de seus lábios.

Vale ressaltar que isso não irá permanecer por muito tempo.  É só uma forma do bebê se acalmar. Mas, é justamente neste momento que muitos pais inserem a chupeta por medo da criança criar o hábito de sugar o dedo. Mas aqui vale lembrar que amamentação, se realizada em livre demanda, supre essa necessidade de sucção do bebê.

Outro aspecto a ser levado em consideração pelos pais é que a chupeta pode causar confusão de bicos, favorecendo o desmame precoce. Os movimentos de sucção da chupeta são diferentes do peito, e logo o bebê pode achar que o mamilo é a chupeta e passar, assim, a ter uma pega incorreta. Isso pode levá-lo a não conseguir ordenhar o leite adequadamente, causando estresse e perdendo o interesse e o prazer em mamar.

Além disso, a chupeta pode causar alterações nos dentes e na face da criança, dentre elas:

Maloclusões dentárias, deformidades na face, respiração bucal, cansaço muscular, alteração da postura dos músculos da face/boca, além da dependência emocional que dificulta a remoção do hábito.

 

Mas então, afinal, a chupeta é proibida?

Oferecer ou não a chupeta será escolha de cada mãe e pai, mas nosso papel, enquanto profissional da saúde bucal, é orientar os problemas que ela pode gerar.

Caso os pais optem pelo uso, minha sugestão é que preferiram as de bicos mais finos, cuidando para que a criança fique com ela na boca o menor tempo possível. Outra sugestão é tentar com, no máximo até 1 ano de idade, suspender o uso do acessório.

Escrever um comentário